Vazamento de dados e o retorno aos escritórios pós-Covid-19
30 jun
2020

Vazamento de dados e o retorno aos escritórios pós-Covid-19

Por:  Paulo Murata e Sérgio Barboni*

No início da pandemia, muitas empresas adotaram o home office e os escritórios das empresas foram esvaziados e, em alguns casos, até mesmo abandonados. A falta de monitoramento permanente e controle de acesso eficiente nos ambientes sensíveis das empresas trouxeram um aumento no risco de vazamento de informações confidenciais.

Considerando que em breve teremos o retorno das atividades com suas características adaptadas ao pós-pandemia, visto que vários Estados estão publicando seus planos de reabertura do comércio e serviços, consequentemente os escritórios voltarão a receber reuniões com assuntos confidenciais. Antes de iniciar as atividades, é de suma importância que os gestores das empresas garantam que os ambientes estejam livres de dispositivos ou escutas clandestinas.

Veja Também:

Sabemos que muitas empresas adotarão o home office flexível e algumas farão de seus escritórios um ambiente conceito, o que certamente envolverá reformas estruturais e alterações de layout. E são essas mudanças que podem gerar vulnerabilidades antes não existentes. Portanto, é preciso assumir o compromisso de conscientização da sua liderança e a cultura de segurança, implantando ou retomando os programas e políticas necessárias para garantir a proteção da informação, ponderando medidas de prevenção para mitigar os riscos nos ambientes de trabalho.

Ações de prevenção podem ser um fator fundamental neste momento, principalmente por ser um cenário novo para todos. Entre as principais vulnerabilidades apontadas, que precisa de atenção, estão:

  1. Com a migração das atividades administrativas das empresas para o home office, os ambientes sensíveis podem ter sido alvos de implantações de dispositivos de escuta clandestina.
  2. A alteração de layout de trabalho pode comprometer o grau de segurança da informação, pois o planejamento sem a análise correta sobre os riscos de segurança pode ter permitido ou facilitado as vulnerabilidades.
  3. Esquecimento por parte dos funcionários e executivos sobre o conceito e importância da cultura de segurança da informação e contra inteligência.

Como sua empresa planeja a retomada das atividades? As medidas de segurança no ambiente pode ser uma grande aliada para a proteção dos dados e informações sigilosas do seu negócio. É preciso atenção e orientação, pois a pandemia trouxe um movimento inédito nas empresas e isso pode ser a brecha para riscos nunca analisados antes.

Paulo Murata é gerente de segurança empresarial e Sérgio Barboni é consultor de segurança empresarial, ambos da ICTS Security, consultoria e gerenciamento de operações em segurança, de origem israelense.

Fonte: Security Information News

%d blogueiros gostam disto: